quarta-feira, 4 de junho de 2008

Deus chama de maldito os que fazem o trabalho da igreja sem responsabilidade



Maldito aquele que é relaxado no serviço de Deus! Jeremias 48:10

A Igreja de Cristo na Terra foi organizada para fins missionários, e o Senhor deseja ver a igreja toda idealizando meios e planos pelos quais grandes e pequenos, ricos e pobres, possam ouvir a mensagem da verdade. Testimonies, vol. 6, pág. 29. Beneficência Social, Pág.105

Há perfeita ordem e harmonia na cidade santa. Todos os anjos comissionados para visitar a Terra, levam um cartão de ouro e, ao entrarem e saírem, apresentam-no aos anjos que ficam às portas da cidade... Primeiros Escritos Pág. 37

Vi quatro anjos voando em direção à porta. Estavam precisamente a apresentar o cartão de ouro ao anjo que estava à porta, quando vi outro anjo voar rapidamente, vindo da direção em que se encontrava a mais excelsa glória, e clamar com grande voz aos outros anjos, agitando para cima e para baixo alguma coisa que tinha na mão Pedi ao meu anjo assistente explicação do que via. Disse-me que nada mais poderia ver então, mas em breve ele me mostraria o que significavam as coisas que então vi. Vida e Ensino, Pág. 101

Deus é organizado, e ele exige daqueles que são seus seguidores, “que façam o mesmo” seu trabalho organizadamente.
Assumem um cargo na igreja mas não trabalham com amor. Não tem horário pra chagar na igreja. Mas na maioria são muito cuidadosos com o horário de saída, se há um pequeno atraso na finalização do sermão, vai embora sem esperar o termino ainda reclamando. Mas para chegar, não tem a mesma preocupação. Se você tem a responsabilidade de administrar a palavra, procuram ler, pesquisar sobre o assunto que vão falar...
Há longos e arrastados discursos grandemente compostos de narrativas, de anedotas...
Que esteja o pregador cheio da Palavra do Senhor. Cada homem que vai ao púlpito, tem anjos do Céu em seu auditório. Há palestra comum e barata; atitudes grotescas. “Quando o orador, de maneira descuidada se intromete em qualquer parte, tomado pela fantasia, quando fala de política ao povo, está misturando fogo comum com o fogo sagrado, ele desonra a Deus. Não tem verdadeira evidência de Deus de que esteja falando a verdade. Comete para com seus ouvintes um grave mal. Testemunhos Para ministros pág. 339