quinta-feira, 29 de março de 2007

COMO NOS DIAS DE NOÉ




Devemos orientar a igreja. Muitos há que não compreendem as profecias referentes aos nossos dias, e precisam ser esclarecidos. É dever, tanto do vigia como do leigo, dar à trombeta sonido certo. Nas Profecias, o futuro se patenteia diante de nós tão claramente como se revelou aos discípulos pelas palavras de Cristo. Devemos estudar os grandes sinais que indicam os tempos em que estamos vivendo. Há necessidade de mais íntimo estudo da Palavra de Deus; especialmente devem Daniel e Apocalipse merecer a atenção como nunca dantes na história de nossa obra. A luz que Daniel recebeu de Deus foi dada especialmente para estes últimos dias. Daniel, 12 : 4

Mateus 24.37 “ E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem”
Nos dias de Noé a esmagadora maioria se opunha à verdade, e se apaixonara por um conjunto de falsidades. A Terra estava cheia de violência, a guerra, o crime e o homicídio eram a ordem do dia. Assim será também antes da segunda vinda de Cristo.

É chegado o tempo em que haverá no mundo tristeza que nenhum bálsamo humano pode curar. Catástrofes por mar e por terra seguem-se umas às outras em rápida sucessão. Quão freqüentemente ouvimos de terremotos e furacões, de destruição pelo fogo e inundações, com grandes perdas de vidas e propriedades!

Vivemos em meio de uma epidemia de crime, diante da qual ficam estupefatos os homens pensantes e tementes a Deus em toda parte. A corrupção que predomina está além da descrição da pena humana. subornos e fraudes. Cada dia traz seu doloroso registro de violência e ilegalidade, de indiferença aos sofrimentos do próximo, de brutal e diabólica destruição de vidas humanas. Os jornais estão repletos de noticias, da do planeta. Roubos ousados são ocorrência freqüente. Homens possuídos de demônios tiram a vida de homens mulheres e crianças. Os homens têm-se enchido de vícios, as drogas é a ordem do dia, campeia por toda parte toda espécie de mal... II Timóteo 3.: 1 “Sabe porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos dificeis.”

Governantes e Estadistas, homens que ocupam posição de confiança autoridades, homens e mulheres pensantes de todas as classes, têm fixa a sua atenção nos fatos que estão ocorrendo em redor de nós. Observam a intensidade e a gravidade destes acontecimentos, mas as suas mãos estão como que atadas, sabem que tem que fazer alguma coisa, mas só observam, reconhecem que algo de grande e decisivo está para ocorrer, sabem que o planeta esta a beira de uma crise estupenda. Mas não reconhecem que “ DEUS É DEUS “ não se curvam diante de DEUS, e você que tem esta mensagem.? Salmos 32.10 O ímpio tem muitas dores, mas àquele que confia no SENHOR a misericórdia o cercará.

chaves