sábado, 16 de agosto de 2008

RAABE E A DESTRUIÇÃO DE JERICÓ

A Bíblia registra a história da destruição de Jericó. Naquela ocasião as únicas pessoas que se salvaram foram as que estavam na casa de Raabe, a prostituta. Qual é a lição que podemos tirar dessa história?

O texto que analisaremos está no livro de Josué. "quando invadirmos a sua terra, amarre este cordão vermelho na janela de onde você nos fez descer. Junte, dentro da sua casa, o seu pai, a sua mãe, os seus irmãos e todos os parentes do seu pai.
Se alguém sair da casa, será culpado da sua própria morte, e nós não seremos responsáveis. Mas, se alguém que estiver com você for ferido dentro de casa, a culpa será nossa. ". (Josué 2:18 e 19)

Este texto relata que o povo de Israel estava a ponto de conquistar a terra prometida. Este povo tinha chegado no limiar da terra sonhada. A promessa divina de que Deus entregaria a terra de Canaã para Israel estava a ponto de ser cumprida.
Antes de entrar, porém, Josué, o valente sucessor de Moisés, enviou dois homens para espionar a terra e trazer informações. Estes dois homens se hospedaram na casa de uma prostituta chamada Raabe. E aquela mulher, em meio à miséria que vivia, enxergou a luz do evangelho e agarrou-se desesperadamente ao único fio de esperança.

Raabe fez um trato com estes homens. Ela os hospedou, os alimentou e os escondeu do rei de Jericó, que estava perseguindo-lhes. E quando chegou a hora de partirem, ela disse:
- Eu reconheço que o povo de Israel é o povo de Deus. Eu vivo nesta miséria que vocês vêem, mas sei que o Deus de vocês é um Deus grande e quero esse Deus para mim. Eu sei que ninguém pode resistir ao exército de Deus. Eu sei que quando o exército de Deus invadir a terra, destruirá tudo, mas eu quero acreditar nesse Deus. Então, por favor, me ajudem, me tirem desta situação. Quando o povo de Deus entrar aqui, por favor, não façam mal a mim, nem a minha família. Tenho medo de morrer. Não podemos enfrentar a força do exército de Deus.
Amigo, aqui está o exemplo de alguém que estava perdido, condenado à morte, mas suplicava graça. E os espiões de Israel entregaram à Raabe um cordão vermelho e lhe disseram:
- Pendure este cordão vermelho na janela da sua casa. Quando o exército de Israel entrar, destruirá tudo conforme a ordem divina, mas a casa onde estiver o cordão vermelho não será tocada. Junta aí teu pai, tua mãe, teus irmãos, tua família. Não saiam da casa para nada. O exército destruirá tudo que encontrar a seu passo, mas a casa onde o cordão vermelho estiver, não será tocada.
Alguns dias depois, o exército de Israel entrou na terra prometida. Os muros de Jericó caíram miraculosamente. Os homens de Israel entraram matando tudo a fio de espada. O sangue corria pelas ruas. A morte e a destruição tinham chegado para os habitantes daquela terra. Mas a casa com o cordão vermelho não foi tocada, ninguém mexeu.
Lá na casa com o cordão vermelho havia um grupo de pessoas que se salvou por acreditar na mensagem que estava por trás do cordão vermelho.
Amigo, esta mensagem tem a ver com o sangue de Cristo, com a graça que vem da cruz; com a salvação; salvação que só vem de Jesus.

Vamos analisar em detalhes esta história. Muita gente se preocupa porque Deus destruiu aqueles habitantes de Canaã. É um tema simples de entender, mas não é o assunto que trataremos aqui. Direi simplesmente que aqueles habitantes de Canaã tinham chegado, em sua experiência, a um ponto sem retorno.
No capítulo 18 do livro de Levíticos nós encontramos retratada a situação moral daquele povo. Durante quatro séculos se afundou na miséria: quatro séculos de imoralidade. Deus não existia na vida deles. Cada um vivia do jeito que queria e assim ia se depravando e se deteriorando. As crianças nasciam e cresciam com essa mentalidade imoral. Era um povo que por não ter Deus em sua vida, não vivia, apenas sobrevivia; porque Jesus é a vida.
O ser humano só vive quando está em comunhão com a pessoa-vida que é Jesus. Quando o homem se separa de Jesus, pode continuar respirando, mas já não tem vida. Tudo o que o homem viver longe de Jesus é um remendo de vida, é uma caricatura de vida, é um poço sem fundo.
A vida sem Cristo não tem sentido. Você pode ter poder, dinheiro, fama e saborear todos os prazeres deste mundo, mas se você não tiver Jesus, não tem nada. É Ele quem dá sentido a tudo.
Esta era a situação dos habitantes de Canaã. Mas a hora do juízo estava chegando. Morrer a fio da espada não seria problema. Há muito tempo eles não tinham vida; eles simplesmente respiravam. Parar de respirar num acidente, por um enfarte, com um câncer ou a fio de espada era o de menos. Esse era um simples detalhe.
Mas chegou a hora do juízo para este povo. E Deus abriu as comportas e deixou que entrasse o exército destruidor. Se Deus, em Seu infinito amor, soubesse que havia uma esperança mínima para este povo, não o teria destruído. Mas era um povo que tinha chegado a um ponto que não tinha mais retorno.

Havia milhares e milhares de habitantes na cidade de Jericó, mas somente uma mulher acreditou na mensagem do evangelho. E essa mulher não era uma cidadã considerada honesta ou culta. Essa mulher não era uma mulher considerada pela sociedade como de bem. Era uma pobre prostituta. Vendia seu corpo na rua e era rejeitada pela sociedade. Era uma mulher sem esperança, sem futuro, acabada na miséria desta vida.

Milhares de habitantes da cidade de Jericó se perderam. A única que se salvou foi uma pobre mulher que não tinha para onde ir, que se sentia acabada e no fundo do poço.
O que o Senhor Jesus está dizendo hoje é que se você alguma vez pensou que não tem mais esperança, se você já lutou para sair da situação em que se encontra e não tem forças para fazê-lo, esta mensagem é para você.

Sei que dentre as pessoas que estão fazendo esta leitura, há pessoas destacadas, empresários de uma conduta moral impecável, admirados pela sociedade, gente de bem, jovens universitários que nunca fizeram mal a ninguém. Isto é gratificante, sabe por quê? Porque geralmente só pessoas desesperadas procuram Jesus, mas a verdade é que todos precisam dEle. É difícil alguém que se considera uma pessoa moralmente correta pensar que precisa ser salva. Porque quando pensamos em salvação geralmente pensamos em nossos atos. Nós olhamos no espelho da vida e pensamos: eu não estou fazendo nada mal, não roubo, não mato, não sou assassino nem assaltante, nem homossexual, nem drogado, nem uma prostituta. Eu até que sou correto. Mas mesmo sendo aparentemente correto, é preciso que você entenda que precisa de Jesus.
Esse é nosso problema. Medimos a vida espiritual pelas coisas boas ou más que fazemos. Talvez por isso o Senhor Jesus disse que Ele veio para procurar os doentes. Os sãos não precisam de médico. Por favor, deixe de se olhar no espelho de suas boas obras. Acredite que você precisa de Jesus tanto quanto Raabe.

Esta mensagem não é somente para os desesperados. É também para os bons cidadãos que aparentemente estão bem com Deus porque não há nada errado em sua conduta.
Voltemos agora ao caso de Raabe. Esta pobre mulher se agarrou à promessa do cordão vermelho. Esse cordão vermelho simbolizava o sangue de Jesus que um dia seria derramado na cruz do Calvário para remissão de pecados. É o sangue de Jesus que nos purifica de toda a maldade. Sem derramamento de sangue, disse Paulo na epístola aos Hebreus, não há remissão de pecados.
Amigo leitor, vamos trazer a história para nossos dias. Raabe correu à casa de seu pai e bateu à porta. O pai olhou pelo olho mágico e viu que era Raabe, a filha ingrata, a vergonha da família, que um dia saíra de casa e arruinara o seu nome; a garota que vendia seu corpo no meio da rua. Era ela que estava batendo à casa do pai. Talvez ele tenha aberto a porta: - O que você quer?
- Pai, você tem que correr, a destruição está chegando. Temos sido maus. Não temos tido Deus em nossa vida. O juízo está chegando. Pai, tem que vir comigo para casa. É lá que a salvação está. É lá que o cordão vermelho está pendurado.
Eu imagino o pai olhando para aquela mulher e dizendo:
- É você que vai me falar de salvação? Você que trouxe vergonha para sua família que vai me falar de salvação? Vai me dizer que é nessa casa onde você vende seu corpo que está a salvação? Que autoridade moral você tem para me falar de Cristo?
Você que neste momento está lendo este artigo..... os seres humanos olham sempre para nosso passado e não nos perdoam. Você pode ter tido um encontro com Cristo; Ele pode ter operado um milagre em sua vida, mas os homens não acreditam. Olham para o seu passado, lhe cobram e lhe jogam na cara, mas não importa; continue falando do amor de Deus. Não importa que os outros digam que tudo é apenas uma emoção do momento. Não importa que você tenha falhado muitas vezes e os homens lhe digam que vai voltar a cair. Fale de Jesus com amor. Raabe falou com tanta convicção que o pai tremeu, a mãe acreditou, os irmãos saíram de casa e correram para a casa da ex-prostituta e se esconderam lá.

Caro leitor, olhe ao seu redor. Há pessoas que vivem angustiadas, caindo aos pedaços. Há famílias se desintegrando, homens e mulheres que não sabem para onde ir e que precisam de uma palavra; têm ouvido falar de Jesus como uma doutrina, mas não O conhecem como uma pessoa. E você conhece o caminho; você sabe que o fim está chegando. O cordão vermelho da graça de Jesus está nas suas mãos. A Palavra de Deus está com você. É você quem Deus usará para trazer essas pessoas. É você com seu passado perdoado, com sua vida transformada quem Deus usará para levar a mensagem de amor a essas pessoas.
Aqueles homens acreditaram e correram para a casa de Raabe. Mas a salvação não estava na casa, não estava no cordão vermelho. O cordão vermelho era apenas o símbolo do sangue de Jesus.

Quando o povo de Israel estava no Egito, Deus prometeu libertá-lo. Uma noite o anjo destruidor visitaria a cidade e mataria todos os primogênitos. Então Deus deu uma ordem. Um cordeiro perfeito devia ser sacrificado e com seu sangue devia ser manchado o umbral da porta. À meia-noite, quando o anjo destruidor aparecesse, as casas que tivessem a mancha de sangue não seriam tocadas. A salvação do povo dependeria de sua fé no sangue.
Hoje, a nossa única esperança está no sangue do Cordeiro. Sou eu quem mereço morrer. A minha salvação não depende de algo bom que eu faça; nasci em pecado. Davi disse: Em pecado me concebeu minha mãe. Cresci em pecado; carrego dentro de mim uma natureza pecaminosa que me empurra para o pecado. Não há nada bom em mim.
Minha única esperança está no cordão vermelho. Minha única segurança está no Cordeiro de Deus que um dia derramou Sua vida na cruz do Calvário. Tenho que manchar a porta do meu coração com esse sangue. Tenho que manchar minha mente com esse sangue para que ele purifique meus pensamentos. Tenho que tomar desse sangue e manchar meu coração para que ele santifique meus sentimentos. A minha esperança de salvação não está no meu domínio próprio. A minha força de vontade vale muito pouco. Minha única segurança está em Cristo e no sangue que um dia foi derramado na cruz do Calvário.

A salvação para os habitantes de Jericó estava na casa do cordão vermelho. Quando o exército entrou na cidade, essas pessoas estavam seguras dentro de casa. Se alguém se atrevesse a sair, seria morto pelo exército. Sua única segurança estava na casa do cordão vermelho.
Jesus está voltando. A Bíblia diz que ninguém sabe o dia nem a hora que Jesus voltará, mas os sinais bíblicos nos indicam que a volta de Jesus está mais próxima do que muita gente imagina. E quando Jesus voltar, a nossa segurança não estará apenas numa religião. A nossa segurança estará somente em Cristo.

Aquele dia em Jericó, muitos bons membros de igreja morreram porque igreja nenhuma tem capacidade de salvar. Havia muitas religiões como existem hoje. Esses membros fiéis daquelas religiões morreram porque não entenderam a mensagem da salvação. Era a casa do cordão vermelho. Era o sangue de Jesus. Era para lá que tinham que correr e não correram. Depositaram a sua confiança de salvação em sua conduta. Essa foi a tragédia daquele povo.

Querido Leitor, a mensagem de salvação está hoje à sua disposição. Não importa se você é bom ou mau. O sangue do Cordeiro está à sua disposição. Pode se agarrar ao braço poderoso de Jesus. Pode molhar sua mão com o sangue das mãos furadas de Jesus. Pode manchar sua mente para ser purificada de pensamentos imundos. Pode manchar seu coração para ser santificado de sentimentos imundos. Pode manchar suas mãos para não fazer coisas erradas. Pode manchar seus pés para não andar longe de Jesus. Esta é a sua grande oportunidade.
Abra seu coração a Jesus. Corra aos Seus braços enquanto a graça está ao seu dispor. Tenha a certeza de estar preparado para se encontrar com Jesus quando Ele voltar pela segunda vez.

Fonte ::::
Alejandro Bullón