quinta-feira, 19 de abril de 2007

SONHO DE NABUCODONOSOR


CAP. 2 DE DANIEL

Ellen G. White, orienta, no livro Testemunhos Seletos vl. 2 pag. 323, Eventos Finais, pág 16 Orienta o seguinte: ”Ergam os vigias a voz e dêem a mensagem que é verdade presente para este tempo. Mostremos ao povo onde nos encontramos na história profética.”

“Muitos há que não compreendem as profecias referentes aos nossos dias, e precisam ser esclarecidos. É dever, tanto do vigia como do leigo, dar à trombeta sonido certo”. (Evangelismo, pág. 194).

“O Rei perguntou a Daniel que também era chamado de (Beltsazar): ‘Você pode contar o meu sonho e explicar o que ele quer dizer?’” (Daniel 2:26).

“O senhor teve uma visão na qual viu uma estátua enorme, de pé bem na sua frente. A estátua era brilhante mas metia medo”. (Vr.31 e 34).

Vamos à interpretação da estátua:

A CABEÇA = de ouro puro
PEITO E BRAÇOS = de prata
VENTRE E QUADRIS = de bronze
PERNAS = de ferro
PÉS = parte de ferro e parte de barro

Enquanto o senhor estava olhando, uma pedra soltou de uma montanha, sem que ninguém a tivesse empurrado. A pedra caiu em cima da estátua e a despedaçou.

CABEÇA DE OURO = BABILÔNIA = NABUCODONOSOR = ANO 603 Á 539 AC , reinou 43 anos
PEITO E BRAÇOS DE PRATA = MÉDO/PÉRSA = General Ciro da Pérsia (Rei Darío) unido ao rei da média dominaram até ; 331 ac., conquistado por Alexandre Magno.
VENTRE E COXAS DE BRONZE = GRÉCIA/ MACEDONIA = Alexandre Magno dominou sobre toda terra , o seu reinado durou pouco tempo.
PERNAS DE FERRO = O PODER DE ROMA = ATÉ 476 DC = (VERSO 40). Os romanos impuseram um dominio férreo, dominando sobre o oriente e ocidente. um reinado com maior poder de que Alexandre Magno...

Com notável exatidão a profecia do quarto reino se cumpriu. DANIEL 2: 40

PÉS DE BARRO E FERRO = REINOS SUBSEQUENTES = Reinos fracos e fortes , que tentariam união por casamentos ou guerras. A partir de 476 dc , o império romano começou a ser dissolvido pelos bárbaros, cujas tribos originaram de diferentes nações ocidentais. Cada qual ocupando o seu terretório... algumas seriam fortes como ferro e outras fracas como barro ... Este é o quadro geral dos paises, do mundo atual.

A profecia, coforme Daniel cap.2, previa que depois de Roma, não surgiria outro poder político que dominaria o mundo na forma de um império, tal como Babilônia, Médo/Pérsia, Grécia, e a própria Roma. O quarto poder, o império das pernas de ferro da estátua, império romano, seria sucedido por “um reino dividido “ ( Dan. 2:41) um poder dividido, representado pelos pés, barro e ferro.

Até aqui a profecia se cumpriu, com o império romano dividido. Em vários governos com supremacia somente sobre os seus territórios, pricipalmente a Europa. Como exemplo tem-se a dissolução do império romano e domínio dos povos, a saber:
Francos = franceses
Anglo-saxões e Bretões = britânicos
Visigodos e Suevos = espanha e portugal
Burgundos = suíça
Lombargos = itália

Nas demais regiões do planeta, ocorreram grandes movimentações de povos, uns substituindo outros

OS HERÓLUDOS = 476 DC
OS OSTROGODOS = 493 DC
OS VÂNDALOS = NORTE DA ÁFRICA 534 DC
OS HUNOS = QUE DESAPARECERAM RAPIDAMENTE.

DANIEL, 2:41 E 42 = PÉS DE FERRO E BARRO “ REINOS FORTES E FRACOS ”

Mais uma vez constata-se o cumprimento da profecia. Alguns comentários importantes:
Barro e ferro não se unirão:

No decorrer da nossa história, grandes esforços para unificar o mundo em um grande império foram feitos. Através de estratégias políticas, de guerra e especialmente de casamentos, conforme Daniel 2:43.

Na primeira guerra mundial, George H. Merritt: declarou que a Europa em guerra pode ser comparada a uma briga em familia. O imperador Guilherme da Alemanha, em guerra contra Grã-Bretanha e Russia está guerreando contra seus próprios primos, Jorge IV da Grã-Bretanha e o czar Nicolau II da Russia....

Geneologia da Europa que não consegue se unir: união por casamento (Daniel, 2 : 43)

Exemplificando, o imperador Guilherme da Alemanha é primo de George IV da Inglaterra (Grã – Bretanha), que por sua vez, é primo do czar Nicolau II da Rússia, neto do rei Cristiano IX da Dinamarca (suas mães eram filhas do rei Cristiano IX da Dinamarca), Guilherme II da Alemanha é assim, primo de George V. Jorge, Guilherme e Nicolau são netos de Carlos Duque de Mcklenburg-Strelitz. Guilherme e Nicolau são assim, descendentes do rei Frederico Guilherme III da Russia.

Com toda esta estratégia de união familiar, “por casamento” a Europa continua dividida até os dias de hoje. “O ferro não se uni ao barro” Daniel, 2: 43

No passado foram as guerras ou os casamentos entre parentes, o que não deu certo para unir a Europa. Hoje estão sendo criadas novas estratégias através da força do capitalismo: com o Mercado Comum Europeu. No entanto, a profecia de Daniel, 2 permanece firme como uma rocha.

Apesar de todas as tentativas, o continente ainda é uma colcha de retalhos, com nações fortes e nações fracas, desempenhando seu papel no cenário mundial.
É importante ressaltar que quando Daniel fala dos pés em parte ferro em parte barro no (v.44), ele se refere ao barro de oleiro, o que pode significar barro cozido do tipo tijolo, que é quebradiço e facilmente se partirá em pedaços, além de ser impossível sua restauração.

No versículo 43 (Daniel) há referência à união das nações por meio de casamento ou guerras, Daniel fala em barro de lodo, que é ainda mais dificil de ser restaurado. “Pedra cortada sem auxilio de mãos”.

O mais importante está no final do sonho de Daniel (2:44) mencionando os dias destes reis, referindo-se às nações da divisão do império romano ( v.44 )

“O Deus do céu suscitará um reino que não será jamais destruído, este reino não passará a outro povo. aniquilará todos estes reinos e subsistirá para sempre”.

“O reinado de Jesus Cristo; a libertação do seu povo do jugo da escravidão do pecado”. A pedra era cristo. (Corintios 10 : 4). “E Jesus lhes desse: ‘a pedra que os construtores rejeitaram veio a ser a mais importante, todo o que cair sobre esta pedra será despedaçado; mas aquele que sobre ela cair será reduzido a pó’” . Lucas 20 : 17 e 18.

João, o profeta de Apocalipse descreve este grande acontecimento de forma majestosa e uma incrível riqueza de detalhes. Mas o mais importante que se pode observar em Apocalipse é como João esclarece a profecia da pedra que destruiu a estátua (os reis da terra).

Daniel descreve a história do planeta até o grande dia do senhor, do ano 603 ac até a volta de Jesus. Em Apoc. 19: 11 , 16 e v. 19-21. cap. 6 : 2 , está escrito “vi o céu aberto, e eis um cavalo branco, o seu cavalheiro se chama fiel e verdadeiro, e julga e peleja com justiça. Tem no seu manto, e na coxa, um nome inscrito: rei dos reis e senhor dos senhores. E vi a besta e os reis da terra com seus exércitos, congregados para pelejar contra aquele que estava montado no cavalo branco, e contra o seu exercito. mas aqueles que receberam a marca da besta, e eram adoradores da sua imagem, foram lançados no lago de fogo e enxofre. Os restantes foram mortos com a espada ‘Jesus Cristo é a pedra que aniquilará toda espécie de sofrimento e opressão que tem vindo sobre o povo escolhido de deus em todos os tempos’” .
Eis que logo vem !!Ora vem senhor Jesus!...