domingo, 20 de abril de 2008

CRÍTICAS A OUTRAS IGREJAS


O Senhor não deu ao Seu povo a obra de fazer críticas contra os que estão transgredindo Sua lei. Em caso nenhum devemos fazer ataques às outras igrejas. Lembremo-nos de que, como povo a quem foi confiada sagrada verdade, temos sido negligentes e positivamente infiéis. Testemunhos Seletos vol. 3 pág 399

Temos que ser cuidadosos quando apresentamos a mensagem as pessoas de outras denominações. Devemos mostrar a mensagem adventista e não criticas
A respeito dessa espécie de trabalho, porém, sou instruída a dizer a nosso povo: Sede cautelosos. Ao apresentar a mensagem, não façais investidas pessoais a outras igrejas, nem mesmo à católica romana. Os anjos de Deus vêem nas diversas denominações muitos que só podem ser alcançados com a maior precaução. Sejamos portanto cuidadosos com nossas palavras. Não sigam nossos pastores os próprios impulsos em acusar e expor os "mistérios da iniqüidade". Sobre esses temas, o silêncio é eloqüente. Muitos se acham enganados. Falai a verdade em tons e palavras de amor. Cristo Jesus seja exaltado. Apegai-vos à afirmativa da verdade. Nunca deixeis o caminho reto traçado por Deus, no intuito de fazer um ataque a alguém. Esse ataque poderá causar muito dano mas nenhum bem. Poderá extinguir a convicção em muitos espíritos. Deixai que a Palavra de Deus, que é a verdade, conte a história da incoerência dos que se acham no erro. Muitos estão enganados, falai a verdade em tons e palavras de amor.. Ellen G. White – Evangelismo, p. 576

Tende cuidado. Ao transmitirdes a mensagem, não façais pressões pessoais sobre outras igrejas. ... Sejamos cuidadosos com nossas palavras. Que nossos pastores não sigam seus próprios impulsos ao denunciar e expor os mistérios da iniqüilidade. Nessas questões o silêncio é muitas vezes eloqüência. Refletindo A Cristo, p. 232

Satanás está em ação entre o povo de Deus, tal como atuou entre os anjos nas cortes celestiais, e muitos estão sendo enganados....
Ellen G. White - Olhando para O Alto, P. 345